10 de junho de 2022

Guia de cafeterias: Salvador (BA)

Compartilhar:

E tem cafeterias em Salvador, é?

A cidade do São Salvador da Bahia de Todos os Santos ou simplesmente Salvador é mundialmente reconhecida pela alegria do seu povo, pelo carnaval, por sua beleza arquitetônica advinda da época colonial, assim como por suas praias de águas quentes e convidativas.

O que muitas pessoas não imaginam é que já existe um movimento de cafeterias em franco desenvolvimento nesta cidade multicultural, aliando o antigo ao novo e a cultura tradicional e ricamente miscigenada ao conhecimento técnico-científico do precioso ouro negro baiano.

O PDG Brasil visitou cinco cafeterias e buscou a diversidade de perfis dessas, para que nosso leitor tenha opções que se adequem ao que busca em qualidade, conhecimento, conforto, atendimento e opções de cardápios variados.

Você também pode gostar de ler Guia de cafeterias: Recife (PE).

café salvador

Espaço Conceito Latitude13 Cafés Especiais

Um espaço completo. Essa é a primeira impressão que temos quando conhecemos todas as áreas da cafeteria. Sim, pois, além do preparo de cafés especiais, percebemos um espaço destinado à comercialização de utensílios do universo cafeeiro como métodos de extração, canecas e até mesmo camisas conceituais; além de um amplo salão para degustação de produtos incríveis que harmonizam bem com nosso precioso líquido. Um exemplo é o bolo de aipim, com uma textura de pudim que derrete na boca e os croissants, especialidade da casa.

café bahia

Vale ressaltar o salão de eventos, cursos e treinamentos; localizado no andar superior e que materializa o conceito primordial da cafeteria, segundo Juli Allegro, proprietária do empreendimento: “Café, arte, cultura e gastronomia”. O espaço conta com 25 obras de arte de 13 renomados artistas, além de eventos como o “Café com História”, no qual a rica trajetória de Salvador é contada em cinco episódios por um historiador com harmonização de uma chef de cozinha e cafés preparados pela também barista, Juli.

Companheiro de Juli Allegro, o produtor biodinâmico Luca Allegro resume a história da Latitude13: “Comecei a fazer as primeiras torras de café em 2012, testando o mercado, vendendo para pequenas cafeterias o café com a mesma qualidade do café que até então era apenas exportado. Mas o Latitude13, como café e conceito de qualidade que é hoje, teve sua gênese possível pelo meu encontro com produtores de grande valor da região da Chapada Diamantina”.

A modernidade do Espaço Conceito não renega a tradicional cultura de rua de Salvador, e como destaque da Exposição Poéticas do Café, um carrinho de cafezinho do artista Maninho.

café baiano

A Latitude13 possui em sua carta cinco cafés: Clássico, Blend Chapada Diamantina, Castas, Gran Reserva Orgânico e o microlote Alquimia. Os cafés da Latitude13 são provenientes das suas próprias fazendas. Em Mucugê (BA), está a Fazenda Progresso e na cidade de Ibicoara, também na Bahia, localiza-se a Fazenda Aranquan. Foi dessa fazenda que saiu o café orgânico apreciado no Vaticano há quase 10 anos.

Os métodos de extração disponíveis na cafeteria são o minicoador, a Hario V60, prensa francesa, globinho, Clever, Aeropress, Chemex e um coado de cerâmica com design próprio.

A diversidade de bebidas impressiona: são 11 tipos de espresso, 8 bebidas quentes tendo o café como insumo principal, 9 frias e 6 drinques etílicos cafeinados.

Por tudo isso, compreendemos quando a Juli, de uma maneira assertiva, nos disse: “O Espaço Conceito Latitude13 Cafés Especiais busca ser a Casa do Café na Bahia”.

café salvador

Cafélier

A origem do nome da Cafeteria justifica a intenção do seu fundador, o artista plástico Paulo Vaz, neto de produtor de café, mas que fez sua formação acadêmica nas artes no Brasil, Itália (Florença, berço do Renascentismo) e França (Paris, a Cidade Luz). Essa mescla de café + atelier foi inaugurada em 1994 no Pelourinho, mas hoje ocupa um Casarão no bairro turístico do Santo Antônio Além do Carmo.

O que era para ser um ponto de encontro de artistas e intelectuais, transformou-se num local provido de um riquíssimo acervo artístico com uma exposição perene com mais de 90 xícaras de diversos artistas. Cada mínimo espaço da charmosa cafeteria tem algum objeto histórico como bules, utensílios e móveis de época os quais Paulo tem uma enorme felicidade em nos contar sua procedência e tudo o que a envolve. A iniciar pela caixa registradora e uma máquina de extração de espresso que remontam ao início do século 20.

cafeteria histórica

A cafeteira utiliza exclusivamente o método espresso de extração e deste saem 19 bebidas ou drinques à base de cafés baianos provenientes das regiões do Planalto da Conquista e Chapada Diamantina.

Um grande diferencial da cafeteria é a linda vista panorâmica do pôr-do-sol da Baía de Todos os Santos. Duas frases citadas por Paulo merecem registro: “Não somos nós que escolhemos o café, é ele que nos escolhe”.

café especial bahia

Cafeteria Nossa Senhora do Bom Café

No interiorano bairro do Santo Antônio Além do Carmo, encontramos uma cafeteria que vai inaugurar em breve e com todos os atributos para tornar-se referência de excelentes cafés na capital baiana. 

O gastrólogo, barista e proprietário Nil Saldanha observou que os melhores cafés da Bahia eram exportados e se fez a pergunta: “Por que não conseguimos ter acesso a esses mesmos cafés no mercado interno?”.

A partir de então foi elaborado um plano de negócios e o local pretende, de forma instrutiva, promover a degustação do café como uma experiência sensorial realizada à mesa do consumidor e que isso tome proporções para que os apreciadores saibam que temos sim cafés de excelência à disposição em Salvador.

A cafeteria tem foco em fomentar a Agricultura Familiar e possui um espaço para workshops, cursos focados nos profissionais do café e apreciadores da bebida. 

cafeteria salvador

Quem tiver curiosidade, terá a oportunidade de conhecer cinco pés de café de regiões referência na produção de cafés especiais no Brasil (Alto Caparaó, Norte Pioneiro do Paraná, Chapada Diamantina, Sul de Minas e Alta Mogiana), com as especificações da variedade, produtor(a) e nome da fazenda. Dessa forma, a cafeteria valoriza uma tendência de mercado: a rastreabilidade.

O local terá ainda duas opções de degustação de café:

  1. Mesmo método de extração para três cafés diferentes, sendo um da espécie canéfora e dois da espécie arábica;
  1. Três métodos de extração diferentes para o mesmo café.

A cafeteria terá os seguintes métodos disponíveis para extração do café e comercialização: Clever, Chemex, Koar, Aeropress, ibrik (turco), V60, prensa francesa e moka ou italianinha.

cafeteria

Seven Wonders Café

As 7 Maravilhas do Mundo foram a inspiração para a inauguração, em 2009, dessa rede composta de 10 lojas próprias dispostas em shoppings, hospitais, centros médicos e empresariais, clínicas e lojas pet.

Segundo Leandro Leal, gerente comercial desta, a diversificação de produtos sem lactose, glúten e açúcar atendem a um público diferenciado como os adeptos à alimentação vegana.

Um grande diferencial da rede é trabalhar exclusivamente com o Café Gourmet Piatã, um produto reconhecido nacionalmente pela qualidade e oriundo do empenho e dedicação da família do produtor Michael Alcântara, da Fazenda Divino Espírito Santo, um dos pioneiros na produção de cafés especiais em Piatã/BA.

O cardápio possui QR Codes que nos transportam para as Maravilhas do Mundo antigo e moderno. As opções de café são compostas por 11 sugestões, tendo o café quente como ingrediente principal e seis com a bebida servida gelada. Clever, V60, prensa francesa, coado e o espresso são os métodos de extração utilizados.

rede de cafeterias bahia

Feito a Grão

Cafeteria pioneira em Cafés Especiais em Salvador, com 15 anos de história e mais de 16 prêmios conquistados. Atualmente possui duas lojas em shoppings que possuem a máquina de espresso italiana semiautomática La Marzocco. O espresso que sai da La Marcozzo possui uma crema inigualável. E o sabor do blend próprio, composto de cafés de Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia, é realmente uma experiência sensorial extremamente válida.

A gerente Tâmara Ingrid de Queiroz disse que, em 2006, ocorrera a fundação da cafeteria e, no ano de 2014, passaram a ter uma torrefação própria. Isso fica nítido na forma como o café é realmente o carro-chefe do negócio. É utilizado o blend para o espresso e microlotes especiais para os filtrados, que também podem ser adquiridos em embalagens de 200 g. Os métodos de extração são a V60, Prensa Francesa, Aeropress e Koar.

café especial la marzocco

Depreende-se com tudo que fora exposto nesse artigo que a capital baiana tem muito a oferecer para os apreciadores do café especial e que, conforme já ouvido e comprovado pelo depoimento de várias pessoas do meio: “Café Especial é caminho sem volta!”.

Que entendamos o café como ele é: um vetor que transpassa por pessoas diversas que têm neste um bálsamo.

Créditos: Acervo Augusto Carvalho (jangada e pescador; fachada, métodos de extração, salão de eventos e carrinho de café do Espaço Conceito Latitude13 Cafés Especiais; máquina de espresso e Sr. Paulo na caixa registradora; fotos do pôr-do-sol do Cafélier; iluminação e fachada da Cafeteria Nossa Senhora do Bom Café; fachadas da cafeteria Seven; lavoura da Fazenda Divino Espírito Santo; máquina de espresso e panorâmica da Feito a Grão).

PDG Brasil

Quer ler mais artigos como este? Assine a nossa newsletter!

Compartilhar:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>