18 de outubro de 2021

De jovem barista para jovem barista: 3 dicas para evoluir na carreira

Você está sonhando com uma carreira no mundo do café “quando for mais velho”? Ser barista sempre foi meu sonho de infância – e hoje, ainda adolescente, estou fazendo isso acontecer. Estou aqui para lhe dizer que não importa se você é jovem ou ainda está na escola: você pode dar os primeiros passos para alcançar seus objetivos na carreira de café a partir de hoje. Veja as minhas dicas para se tornar um jovem barista.

Você também pode gostar de ler Como se tornar um barista?

jovem barista

Transformando o sonho de ser jovem barista em um objetivo

Quando eu era jovem, sonhava em abrir minha própria cafeteria. A palavra “barista” ainda não existia para mim e eu definitivamente não sabia sobre a terceira onda. Mas achei que uma cafeteria aconchegante, onde você também pudesse comer bolos, panquecas e waffles, seria o lugar perfeito. Eu literalmente passava horas sonhando acordada com locais, decoração e receitas de produtos de panificação.

Então, meu verdadeiro despertar para o café veio aos quatorze anos, quando mudei de escola e optei por uma educação na indústria de bufê e artes culinárias. Decidi me especializar em bebidas e, assim, aprendi tudo sobre vinhos, coquetéis e café. Mas ainda assim foi o café que me cativou, e assim meus devaneios se transformaram em uma meta.

O próximo passo foi transformar esse objetivo em realidade. Aprendi muito sobre café na escola e, se você tiver a oportunidade de estudar serviço de bufê, eu recomendo – mas você não precisa de uma educação formal em culinária para se tornar um grande barista!

Vou compartilhar as três etapas que, fora de uma educação formal, vão te ajudar a realizar seus sonhos e se tornar um barista profissional.

jovem barista

1. Seja competitivo

Uma das melhores maneiras de melhorar suas habilidades de barista é entrar em uma competição. Isso o ajudará a desenvolver e refinar suas técnicas – além de lhe dar motivação para passar horas praticando-as!

No meu último ano do ensino médio, tive a oportunidade de representar minha escola em um concurso de café belga. Foi uma grande honra ser selecionada, pois todas as escolas especializadas em catering do país participaram.

Pratiquei constantemente, tanto em casa quanto na escola. A competição foi intensa e testou a degustação, a preparação do café e a preparação de bebidas à base de espresso. E, para minha grande surpresa, ganhei! Tornei-me Embaixadora Júnior do Café da Bélgica por um ano.

Eu recomendo competir o mais rápido possível. Eu sei que tive muita sorte de ganhar experiência em competições tão cedo – a maioria das competições de baristas é aberta apenas para participantes com 18 anos ou mais. Mas, se os cafés da sua cidade oferecem eventos informais, tente participar deles; eles geralmente não têm restrição de idade.

Eu também recomendo observar competições. Há muito o que você pode aprender com elas, mesmo antes de ter idade suficiente para competir. Você pode assistir ao vivo ou assistir a vídeos online, é uma boa forma de conhecer novas técnicas e também de identificar as qualidades que os baristas experientes possuem.

latte art

2. Seja dedicado à aprendizagem

Para ser um grande barista, é importante ter um conhecimento completo de café. Não me refiro apenas ao copo que você bebe em casa ou serve na loja, mas também à própria planta, onde e como ela é cultivada.

O prêmio por vencer o concurso Junior Coffee Ambassador foi uma viagem às origens. Eu viajei para o maior estado produtor de café no Brasil, Minas Gerais, e visitei as plantações das Fazendas Dutra. Aprendi muito, desde os melhores métodos de plantio até como colher o grão. E ao fazer isso, ganhei uma apreciação muito mais profunda da planta.

fazenda Brasil

Não se preocupe se você não puder viajar para a origem agora. Na verdade, muitos baristas experientes ainda não foram a uma fazenda de café. Mas até que você possa visitar a origem, tente aprender tudo o que puder sobre a planta de casa mesmo.

Você pode fazer aulas de biologia, botânica e química para expandir seu conhecimento sobre as propriedades da planta do café. Fale com qualquer barista mais velho que você conheça e que o tenha feito para ter uma ideia de como os nossos agricultores vivem. E leia, leia e leia! Existem tantos recursos online e artigos maravilhosos sobre o café (incluindo a área de Produção de Café do nosso site!).

estudos de café

3. Praticar constantemente

Praticar é crucial. A melhor maneira de praticar é conseguir um emprego como barista, mas se você ainda não pode fazer isso, não se preocupe. Agora sou um barista e todos os dias faço o melhor café que posso para os meus clientes. Mas, antes mesmo de se tornar meu trabalho, já estava praticando. Como um aprendiz de barista doméstico, você pode expandir muito suas habilidades trabalhando com a bebida diariamente.

Também sou perfeccionista – não só minhas bebidas devem ter um gosto ótimo, como também quero que fiquem lindas! Hoje, faço especialização em latte art, competirei em minha primeira competição de latte art para adultos em breve. E então eu continuo praticando minhas habilidades na arte do café com leite.

Descubra qual é a sua paixão pelo café e assista a vídeos no YouTube de outras pessoas fazendo o mesmo – essa é uma das principais maneiras de encontrar inspiração e técnica para a arte com leite. Vá a todos os eventos de baristas, cuppings públicos e competições que puder e observe os profissionais praticando sua arte.

Você precisa fazer tudo isso porque, por mais clichê que possa parecer, a prática realmente leva à perfeição. Seguindo essa rotina, você terá um grande começo para se tornar um barista profissional.

selfie com latte art

Próximos passos de uma jovem barista

É maravilhoso estar envolvido com o café. Espero que isso lhe traga tanta alegria quanto a mim.

A verdade é que o café domina minha vida. No meu tempo livre e nas férias, procuro sempre os melhores cafés que posso encontrar. Sempre há algo maravilhoso para provar e novo para aprender. Mantenha o seu paladar aberto e esteja à procura de novos sabores que irão abrir ainda mais o seu mundo do café.

Ainda espero um dia abrir minha própria cafeteria. Todos serão bem-vindos! Até então, continuo estudando, praticando e bebendo café – e espero que você também. Temos potencial para ser a melhor geração de baristas que o mundo já viu.

Créditos: Louis Hansel (destaque); Charles Deluvio (compactação); Lotte Conrad.

Tradução: Daniela Andrade. 

PDG Brasil

Quer ler mais artigos como este?  Assine a nossa newsletter!