25 de junho de 2021

Conheça os jurados do concurso de fotos “A Minha Colheita PDG Brasil”. Último final de semana para participar!

O concurso de fotos “A Minha Colheita PDG Brasil”, que encerra as inscrições neste domingo, dia 27, contará com a participação de reconhecidos fotógrafos e especialistas em café do país. 

Os jurados serão responsáveis por selecionar as 16 fotos finalistas, que farão parte da competição em chaves no Instagram e terão a oportunidade de serem divulgadas nas redes sociais do PDG Brasil. Além disso, as 16 fotos finalistas participarão da “1ª Mostra de Fotos A Minha Colheita PDG Brasil”, realizada em cafeterias em diferentes cidades do Brasil. 

Continue lendo para conhecer os cinco jurados que avaliarão as fotos. 

Você também pode gostar de ler Conheça o regulamento do concurso de fotos A Minha Colheita PDG Brasil

Conheça o júri do concurso

érico hiller a minha colheita pdg

Érico Hiller

Nascido em Belo Horizonte (MG), Érico Hiller adotou São Paulo como cidade para residir. Seu interesse pela arte e pela fotografia despertou desde muito cedo, mas foi durante a Faculdade de Comunicação Social (ESPM) que realmente houve uma conexão com a fotografia de maneira mais intensa e definitiva. Desde então, Érico mantém um escritório de produção de projetos documentais. Em 2008, realizou um longo ensaio fotográfico sobre as tensões sociais em grandes cidades da Argentina, Brasil, China, Índia, México e Rússia. Entre 2011 e 2012 esteve no Ártico, na Tanzânia, na Etiópia, nas Maldivas e na Mata Atlântica retratando regiões ameaçadas do planeta. Essas expedições pelo mundo resultaram na publicação de três livros: Emergentes (2008), Ameaçados (2012) e A Jornada do Rinoceronte (2016). Érico já exibiu suas fotos em exposições individuais a um grande público em locais como Museu do Amanhã, Museu da Casa Brasileira, Casa Bandeirista e Leica Gallery. No Brasil, suas fotos já foram veiculadas nas revistas National Geographic, Marie Claire e Rolling Stone, entre outras publicações. Atualmente Érico Hiller presta serviços para empresas, ONGs e ministra cursos e palestras. Em A Marcha do Sal (2018) Érico caminhou o trajeto que Mahatma Gandhi percorreu na Índia em 1930 de Ahmedabad até a praia de Dandi. Pelos últimos anos, Hiller se dedicou a fotografar histórias de pessoas que vivem sem acesso seguro à água e ao saneamento básico para compor o livro Água (2020). Encantado com a natureza, adora registrar o cotidiano de fazendas de café e suas pessoas. 

kato a minha colheita pdg

Rubens Kato

Formado em design, Rubens Kato trabalhou por 17 anos como diretor de arte em agências como DPZ, W/Brasil, Fischer e Talent. Em 2011, começou a fotografar restaurantes, pratos, cocktails, viagens e o dia-a-dia dos mais diversos chefs do Brasil e do mundo. Além disso, trabalha com fotos para publicidade e criação de conteúdos para redes sociais como McDonalds, Coca-Cola, Uber Eats, Subway, Orfeu Cafés, Secretaria de turismo de San Francisco e Argentina, Revista da Gol e da Latam, Phaidon, entre outros. Aficionado pelo café, é frequentador habitual de cafeterias das mais diversas. 

karime xavier a minha colheita pdg

Karime Xavier

Curitibana, Karime Xavier é formada em Publicidade pela PUC-PR e em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Atuou por quase 20 anos em estúdio próprio, prestando serviços para clientes como O Boticário, Frimesa, Pão de Açúcar, entre outros. Participou da 1ª Bienal de Fotografia de Curitiba, 1996; da Mostra do Aniversário de S. Paulo, 2004, da Galeria Paparazzi e da Mostra Faces do Brasil no Museu Ludwig de Koblenz, 2005, Alemanha. Desde 2005 atua como fotojornalista na Folha, fazendo retratos e talentosos registros do cotidiano e de pessoas de São Paulo e de outros lugares do mundo. Suas imagens ilustram perfis, entrevistas, e reportagens sobre personalidades  de destaque na imprensa brasileira. Através de uma vasta galeria de portraits fotografados em quase duas décadas de trabalho, a jornalista nos abre as possibilidades narrativas da linguagem fotográfica.

Luisa Nogueira

Produtora de café especial, tecnóloga em café e apresentadora de TV, Luisa Nogueira é daquelas pessoas que reúnem muitas vocações. Formada em jornalismo pela Uni-BH, fez estágio em jornalismo no Canadá e estudou na George Brown College. Trabalha com jornalismo especializado para o agronegócio em TVs e rádios há mais de 10 anos. Foi apresentadora das redes de TV Alterosa e Rede Mais, onde apresentava o programa Balanço no Campo. Recentemente foi convidada para ser a âncora do programa xxx, do Canal Terraviva, do Grupo Bandeirantes de Televisão. 

Nicholas Yamada pdg brasil

Nicholas Yamada

Depois de tomar muito café de baixa qualidade para energizar seus estudos, Nicholas descobriu o mundo dos cafés especiais em 2011, durante um projeto de faculdade, e se apaixonou pela indústria. Tanto que resolveu seguir carreira no mercado de cafés especiais. Se envolveu em diversos projetos autorais voltados ao comércio exterior e, em 2017, se uniu ao Perfect Daily Grind para reforçar a equipe de projetos especiais. Em 2020, encabeçou a equipe que lançou o PDG Brasil, cujo principal objetivo é tornar o acesso a educação cafeeira de qualidade disponível para todos, do campo à xícara. Atualmente é Diretor Geral do PDG Brasil e faz parte do time de Projetos Especiais do Perfect Daily Grind. 

Conheça os critérios de avaliação

O júri do concurso A Minha Colheita PDG Brasil vai avaliar os seguintes critérios para selecionar os 16 finalistas:

*A história da fotografia (o que ela conta?)

*Qualidade técnica da foto (foco, luz, sombras, linha do horizonte reta)

*A composição

*O café (como o café é mostrado, se é protagonista e está valorizado na imagem) 

Saiba mais sobre o concurso de fotos A Minha Colheita PDG Brasil

O concurso, uma homenagem do PDG Brasil a todos os cafeicultores e cafeicultoras do país, premiará as mais belas fotos da colheita da safra 21/22 e dará visibilidade aos participantes, totalizando cerca de R$ 6.000,00 em prêmios* (veja detalhes abaixo).

O concurso de fotos A Minha Colheita PDG Brasil é apoiado pela Cropster, a empresa de tecnologia do software número 1 do mercado de cafés de alta qualidade.

Você também pode gostar de ler Conheça o regulamento do concurso de fotos A Minha Colheita PDG Brasil

O CONCURSO

O concurso de fotos A Minha Colheita PDG Brasil é uma homenagem do PDG Brasil aos produtores e às produtoras de café do país.

As fotos serão previamente selecionadas por um time de renomados fotógrafos e especialistas em café. As 16 fotos finalistas serão divulgadas nas redes sociais do PDG Brasil e poderão, ao final, participar de uma exposição especial que será realizada em cafeterias parceiras em diferentes cidades do Brasil.

As fotos campeãs serão premiadas com banners no Perfect Daily Grind e no PDG Brasil, sites que juntos alcançam anualmente cerca de seis milhões de pageviews de apreciadores, profissionais e empresas do mercado de café em mais de 40 países

Além disso, a fazenda campeã será retratada em um artigo no PDG Brasil e ganhará um curso de torra oferecido pela Cropster, empresa especializada em softwares voltados para o mercado de café.

COMO VAI FUNCIONAR?

A partir do dia 1º de junho, os produtores de café podem postar as melhores fotos de suas colheitas no feed do Instagram com a hashtag: #aminhacolheitapdgbrasil. A data final para postagem da foto será no dia 27 de junho.

Depois disso, nosso júri receberá as fotos e selecionar as 16 finalistas. A divulgação dos 16 finalistas e o sorteio das chaves serão realizados no dia 1º de julho. Estes finalistas serão divulgados nas redes sociais do PDG Brasil e participarão da 1ª Mostra A Minha Colheita PDG Brasil.

As fases finais serão realizadas em formato de competição de chaves (mata-mata entre dois competidores) no próprio Instagram, com votação do público. Ou seja, o público é quem vai escolher os finalistas e, depois, os campeões.

Veja abaixo o calendário:

– Lançamento: dia 28 de maio

– Postagem das fotos no feed do Instagram de 1º a 27 de junho

– Divulgação dos 16 finalistas e sorteio das chaves: 9 de julho

– Oitavas de Final: 10 e 11 de julho (sábado e domingo)

– Divulgação dos semi-finalistas nas redes sociais do PDG: 12 a 16 de julho

– Quartas de Final: 17 e 18 de julho (sábado e domingo)

– Semi-final: 24 e 25 de julho (sábado e domingo)

– Final: 31 de julho e 1º de agosto (sábado e domingo)

– Divulgação do resultado final: 2 de agosto

DINÂMICA

Para o cafeicultor ou cafeicultora se inscreverem, basta seguir a página do Instagram do PDG Brasil, postar a foto da sua colheita no feed do Instagram e marcar a #aminhacolheitapdgbrasil. 

Os cafeicultores e as cafeicultoras terão 27 dias para postar as fotos mais belas de suas colheitas feitas com o celular. Não valem fotos de fotógrafos profissionais, hein!

A pré-seleção dos 16 finalistas será feita por 5 jurados fotógrafos ou especialistas em café. Eles avaliarão a qualidade técnica da foto, mas também se a foto transmite a paixão do produtor pelo café.

Os campeões sairão de 8 disputas por chaves feitas por sorteio, pelo Instagram.  

Os vencedores serão premiados e suas histórias serão contadas no site PDG Brasil.

Posteriormente, os 16 finalistas participarão da 1ª Mostra A Minha Colheita PDG Brasil, com a exposição das fotos em cafeterias de grandes cidades.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

O júri do concurso A Minha Colheita PDG Brasil vai avaliar os seguintes critérios para selecionar os 16 finalistas:

– a história da fotografia (o que ela conta?)

– qualidade técnica da foto (foco, luz, sombras, linha do horizonte reta)

– a composição

– o café (como o café é mostrado, se é protagonista e está valorizado na imagem)

CONHEÇA OS PRÊMIOS

Os produtores ou produtoras campeões do concurso A Minha Colheita PDG Brasil serão premiados e ganharão visibilidade no site e nas redes sociais do PDG Brasil.

Quem publicar a foto campeã vai ganhar:

*Um banner lateral no Perfect Daily Grind (em língua inglesa) por 3 meses sem custo

*Um banner lateral no PDG Brasil por 3 meses sem custo

*Participação em um artigo no PDG Brasil

*A foto premiada ampliada e enquadrada

*Um curso de torra oferecido pela Cropster

Quem publicar a foto vice-campeã vai ganhar:

*Um banner lateral no PDG Brasil por 3 meses sem custo

*Participação em um artigo no PDG Brasil

*A foto premiada ampliada e enquadrada

CALENDÁRIO DO CONCURSO

MAIO

  • Lançamento do concurso A Minha Colheita PDG Brasil

JUNHO

  • Período de postagem das fotos dos produtores com a #aminhacolheitapdgbrasil no Instagram: 28 de maio a 27 de junho
  • Período de avaliação dos jurados: 29 de junho a 7 de julho

JULHO

  • Divulgação dos 16 finalistas e sorteio das chaves: 9 de julho
  • Início da competição em chaves: Oitavas de Final, 10 e 11 de julho (sábado e domingo)
  • Quartas de Final: 17 e 18 de julho (sábado e domingo)
  • Semifinal: 24 e 25 de julho (sábado e domingo)
  • Final: 31 de julho e 1º de agosto (sábado e domingo)
  • Divulgação das fotos campeã e vice: 2 de agosto (segunda-feira)

OUTUBRO

  • Exposição em cafeteiras 1ª Mostra A Minha Colheita PDG Brasil em cafeterias do Brasil

A CROPSTER APOIA A MINHA COLHEITA PDG BRASIL

A Cropster é uma empresa de tecnologia que desenvolve o software número 1 do mercado de cafés de alta qualidade. A empresa lançou recentemente o Cropster Origins com intuito de ser uma tecnologia acessível que vai possibilitar total rastreabilidade da produção de café em fazendas e cooperativas. Cropster Origins, é um Sistema Integrado de controle de produção, benefício, rastreamento e qualidade dos cafés verdes, que ajuda a reduzir custos na produção e perda de volumes e permite o rastreamento total do café.

Caso tenha dúvidas sobre o concurso, o contato da organização é pelo e-mail [email protected]

PDG Brasil

Quer ler mais artigos como este? Assine a nossa newsletter!