17 de setembro de 2020

Da semente à xícara: como os produtores cultivam café?

Um café espresso: 20 a 30 ml de bebida deliciosa. Leva apenas alguns minutos para beber. Mas leva anos para produzi-lo. Desde selecionar e plantar cuidadosamente a árvore do café até a colheita, o processamento e a secagem dos grãos, o trabalho de um produtor nunca para.

Mas como os produtores decidem qual café cultivar? Como eles o colhem? O que está envolvido no processamento e secagem?

Leia também Um Guia para Pragas e Doenças Comuns do Cafeeiro

incubadora de mudas

Escolhendo o café certo para crescer

Há mais de um tipo de café. Algumas variedades produzem grãos de alta qualidade, mas são suscetíveis a doenças, já outras são mais resistentes. Algumas produzem mais café, outras são mais doces ou se adaptam a certos tipos de solo.

Então, como um produtor escolhe qual café é cultivado?

A bióloga do ICFC Panamá e analista da cadeia de valor do café, Valentina Pedrotti, diz que varia de país para país. O clima e a cultura local geralmente decidem a escolha do produtor. Muitos simplesmente cultivam o que é comum nessa área ou o que sempre foi cultivado naquela terra.

Mas o solo, a altitude, a umidade e outras características climáticas afetam o sabor final do café, por isso é importante escolher sabiamente. Outras considerações incluem o custo e o valor esperado de mercado dos grãos e se as doenças e pragas são um problema.

Em alguns países, existem associações cafeeiras nacionais, como a Federação Nacional dos Cafeicultores da Colômbia (Federación Nacional de Cafetaleros, FNC) na Colômbia, a Anacafé na Guatemala e a BSCA no Brasil . Os agricultores podem optar por cultivar uma variedade de café recomendada por essas associações. A FNC, por exemplo, investe na pesquisa e desenvolvimento de variedades resistentes a doenças, como o Colômbia e o Castillo .

A disponibilidade é constantemente uma limitação. Veja como exemplo um híbrido F1, como Starmaya . É de alta qualidade, alto rendimento e altamente resistente a doenças. em outras palavras, é o cafeeiro ideal. No entanto, é uma nova variedade e atualmente apenas poucos produtores têm acesso a ela.

Levando tudo isso em consideração, pode ser difícil escolher a melhor variedade. Arturo Aguirre, da premiada Finca El Injerto, na Guatemala, diz que é importante que os produtores entendam suas terras. “Você precisa saber onde sua fazenda está realmente boa.” A localização e o solo são fatores decisivos para o sucesso de determinadas variedades.

Aguirre também diz que você deve ter em mente que leva cerca de três anos para saber se uma nova variedade prosperará ou não em sua fazenda. Pois afinal, é o tempo que leva para uma árvore de café amadurecer .

Talvez você se interesse por Os Principais Defeitos do Grão de Café Verde e Como Identificá-los

cultivo de café

Plantando a semente

A variedade foi escolhida – e agora?

Ricardo Alvarez, engenheiro agrônomo da Finca Los Tres Potros, em El Salvador, diz que, nos dois primeiros estágios do processo cafeeiro, a temperatura é muito mais importante que a elevação. Por exemplo, a faixa de temperatura ideal do Arábica é de 18 °C a 21 °C (64 ° a 70 °F). Se for mais quente do que isso, pode estressar a planta.

Alvarez explica que ele começa com um canteiro cheio de areia tratada para estimular a germinação e o crescimento inicial, além de prevenir doenças. As sementes de café ficam no canteiro por 70 dias.

Em seguida, ele transplanta as mudas em sacos individuais cheios de uma mistura de solo fértil e terroso. As plantas jovens ficam neste viveiro por um período entre sete meses a um ano inteiro. Ele cobre com filme plástico para controlar a quantidade de luz. Nesse estágio, é essencial que a raiz principal cresça verticalmente para proporcionar estabilidade e permitir que o cafeeiro viva mais.

poda e cultivo de café

Cuidar da planta do café

Alvarez enfatiza que antes de estruturar a fazenda com plantas jovens, é importante decidir com que densidade as árvores devem ser plantadas. O produtor decidirá isso com base em como eles pretendem podar as plantas mais tarde. Eles também irão considerar como as plantas serão colhidas e as características individuais da variedade.

Saiba mais! Leia Escolhendo as Variedades de Café Certas para sua Lavoura

A manutenção é necessária para que as plantas de café durem e para que a produção seja consistente. É importante podar ou aparar os galhos produtores e os principais troncos verticais após cada colheita.

A planta também deve ser regularmente cortada para garantir um bom rendimento. Isso significa que cada planta é cortada a 30-40 cm da base para permitir um novo crescimento. A frequência com que isso precisa ser feito depende de muitos fatores, incluindo a densidade de plantio e a quantidade de sombra. As plantas danificadas não produzem frutos até que voltem a crescer, por isso é importante dividir a fazenda em lotes e alterna-las.

Os produtores também podem precisar re-plantar completamente certos lotes em suas fazendas depois que as árvores atingirem uma certa idade.

catadoras de cerejas de café

A nutrição das plantas de café ocorre nas folhas e nas raízes, e nenhuma delas deve ser negligenciada. Alvarez diz que é extremamente importante cuidar do solo e acompanhar as programações de fertilizantes para dar às plantas a nutrição necessária.

Durante a estação chuvosa, a manutenção da vegetação rasteira ajudará a prevenir o desenvolvimento de doenças. Em outras épocas do ano, os produtores precisam tomar cuidado com a ferrugem da folha de café. Essa infecção por fungos é extremamente comum e pode devastar as lavouras, danificando as folhas necessárias para converter a luz solar em energia. Em outras palavras, sem as folhas, a planta pode não sobreviver.

Para fazendas de café cultivadas à sombra, Alvarez também enfatiza a importância da manutenção da sombra. A quantidade de sombra necessária para produzir uma boa safra dependerá da elevação da fazenda e das espécies de café, mas a sombra adequadamente mantida permitirá que as plantas amadureçam na velocidade ideal.

Da fazenda à xícara

Todos os anos, após a estação das chuvas, as árvores florescem. As delicadas flores brancas, com seus aromas doces, são mais do que apenas uma bela visão. Eles são importantes para o crescimento da cereja do café.

No café arábica, há um período de espera de nove meses entre a florada e a colheita do café. Mas este não é um período de descanso. O produtor deve inspecionar regularmente as cerejas em desenvolvimento para garantir que estejam amadurecendo no momento correto, além de verificar se há pragas.

E não subestime a dificuldade da colheita. A colheita da cereja é uma tarefa longa e difícil, especialmente quando os produtores orientados para a qualidade procuram cerejas perfeitamente maduras. Classificar a colheita também é importante – e demorado. Alguns grãos de baixa qualidade ou com defeitos podem reduzir a qualidade de um lote excelente.

Depois que as cerejas são colhidas, elas precisam ser processadas. Isso significa remover os grãos de café das cerejas e depois secá-los.

Os principais fatores a serem considerados durante o processamento são clima, luz solar e infraestrutura. Durante a secagem, também é importante revirar o café periodicamente para evitar a fermentação e o surgimento de mofo.

O processamento pode ser feito de várias maneiras, mas existem três métodos principais:

● Natural: o grão é seco em suas cerejas, acrescentando notas de doçura e frutas ao café. Pode ser mais difícil de alcançar uma consistência.

● Lavado: o grão é removido das cerejas e fermentado em água antes de ser seco, resultando em um perfil limpo e consistente. Requer mais equipamento que o processamento natural.      

● Honey / cereja descascado: parte da fruta é removida, com um certo grau de mucilagem nos grãos durante a secagem. Quanto mais mucilagem, mais doce e encorpado o café – mas maior o esforço e o risco envolvidos.      

café lavado

Aguirre diz: “É muito difícil cultivar café. Não apenas o produtor está lutando contra as adversidades da natureza, mas uma xícara de café exige muito trabalho, muita gente … Esse é o valor real do café. ”

Porque para muitas pessoas, uma xícara de café é uma bebida diária essencial. Mas, para os produtores, representa dias, meses e anos de cuidados intensivos com as culturas, com manhãs e longas tardes em temperaturas frias. É o trabalho da vida deles.

Gostou disso? Confira Como Monitorar e Prevenir a Ferrugem do Café

Traduzido por Daniel Teixeira

PDG Brasil

Gostaria de ler mais artigos como este? Assine nossa newsletter!