28 de julho de 2020

Manutenção e Limpeza: Como Cuidar da Máquina de Espresso

Você não pode servir um café espresso se sua máquina estiver suja ou precisando de reparos. A manutenção e a limpeza do seu equipamento devem estar entre suas principais prioridades se você possui uma cafeteria – pois a máquina produz centenas de cafés todos os dias.

Dependendo do modelo, as máquinas de café espresso têm uma vida útil de 8 a 10 anos, desde que você cuide bem delas. Aumente a vida útil da sua máquina com essas dicas dos especialistas.

Leia também: Combinando Qualidade, Eficiência e Atendimento na Cafeteria

Crédito: Victoria Arduino

QUANTAS VEZES DEVE-SE LIMPAR E MANTER UMA MÁQUINA ESPRESSO?

Seu cronograma de manutenção deve incluir verificações regulares e a substituição anual de algumas peças. Ao substituir peças pequenas em uma base programada, você pode evitar a manutenção corretiva – algo que pode levar a um café fechado enquanto a máquina estiver sendo reparada.

Para evitar chegar a esse ponto, verifique se você tem uma rotina de limpeza e manutenção. Vejamos o que os especialistas recomendam.

HÁBITOS DIÁRIOS

David Mejia, da Suministros AgroIndustriales, em Honduras, me diz que “bons hábitos por parte do operador ou do barista são um fator importante: você deve limpar enquanto trabalha”. Aqui estão algumas dicas baseadas em suas sugestões:

  • Sempre limpe o bico vaporizador depois de usá-lo. Você também deve limpar o bico antes e depois do uso. Isso evitará obstruções do leite e acúmulo de bactérias.     
  • Limpe a cabeça do grupo antes de cada rodada de espressos: os óleos do café e os resíduos das extrações anteriores podem adicionar sabores indesejáveis ​​às suas extrações.     

Mantenha seus panos limpos. Substitua-os duas a três vezes ao dia. Certifique-se de que eles sejam lavados a altas temperaturas e com detergente. 

Crédito: Victoria Arduino

Adquira o hábito de limpar sua máquina adequadamente no final de cada dia. A rotina deve incluir as seguintes ações:

  • Faça uma descarga (flush) completa: esfregue as cabeças do grupo com uma escova para afrouxar e remover a borra de café e use o detergente e o filtro cego da máquina de café. Repita isso até que a água saia clara. David também recomenda extrair algumas doses de café espresso antes de reiniciar o uso da máquina, para eliminar possíveis sabores de detergente em futuros cafés espressos.     
  • Limpe o bico vaporizador: remova a ponta e coloque-a em uma mistura de água morna e detergente. Daniel recomenda permitir que o tubo fique nesta solução “por pelo menos 20 minutos ou, se possível, durante a noite”.     
  • Limpe a mangueira de drenagem: isso ajudará a evitar obstruções ou acúmulo de borra de café que possam bloquear as linhas de drenagem da bandeja de gotejamento.

Certifique-se de limpar os porta-filtros, a cesta do filtro e a bandeja de gotejamento.    

Crédito: Julio Guevara

EM ALGUNS MESES

Diana Patiño é proprietária do Kumo Laboratoria de Café na Cidade do México. Ela me diz que a cada um a dois meses, os membros de sua equipe trocam as telas distribuição de água e as cestas dos porta-filtros para evitar vazamentos entre o porta-filtro e a cabeça do grupo.

Você também deve estar ciente da qualidade da sua água. Se você tiver água mineral dura (pesada), poderá acabar com um caldeira calcificada. Para evitar isso, programe a descalcificação regular da máquina com seu distribuidor ou fabricante. Diana diz que em seu café, eles drenam a caldeira de sua máquina a cada seis meses para garantir um bom desempenho.

Crédito: Victoria Arduino

MANUTENÇÃO ANUAL

Uma vez por ano, você deve substituir essas peças pequenas antes que elas se tornem um grande problema:

  • Válvula ou anéis do bico vaporizador e dispenser de água quente;     
  • Calços dos parafusos de ombro; 
  • Válvula de expansão (isso evita vazamentos e perda de temperatura no tanque);
  • Válvula anti-sucção
  • Mancal
  • Tubo de drenagem
  • Cestas dos porta-filtros (isso pode não ser necessário, mas verifique cada ano)    

Substituir todos esses itens pode parecer caro. Mas é mais barato que um café fechado enquanto você faz reparos.

QUE PRODUTOS DE LIMPEZA DEVE USAR?

Verifique as recomendações do fabricante da sua máquina de café espresso para os produtos de limpeza. O uso do produto errado para sua máquina pode causar danos ou acúmulo. Também esteja ciente se você realmente precisa de todos os produtos que vê em oferta. Se você não tiver água dura, pode não precisar de produtos descalcificantes, por exemplo.

Algumas pessoas usam vinagre e água para limpar de maneira ambientalmente consciente, mas se você tentar fazer isso, lave abundantemente para evitar notas de vinagre em seu café espresso. De fato, com qualquer produto de limpeza, é importante enxaguar bem para evitar servir aos clientes uma bebida contaminada.

Ao configurar os turnos das equipe, inclua tempo para os serviços de manutenção e as tarefas diárias de limpeza. Faça uma anotação no seu calendário quando as verificações mensais e anuais deverão ser feitas, para que não passem sem que você perceba.

A manutenção da máquina de café espresso não é uma parte glamourosa do negócio de café, mas é uma que você não pode ignorar. Se você deseja servir deliciosos espressos que manterão seus clientes retornando, você precisa cuidar da sua máquina.

Gostou? Leia também: Qualidade da Água: O que Donos de Cafés e Baristas Devem Saber

Traduzido por Daniel Teixeira

PDG Brasil

Deseja ler mais artigos como este? Inscreva-se no nosso newsletter!