27 de junho de 2020

Nora Šmahelová: Como Construir uma Carreira no Café

Quando você entra neste mundo, é difícil sair dele. Vamos ver o Nora Šmahelová tem a dizer sobre sua carreira no café.

Ela é barista campeã na Alemanha, co-proprietária e co-fundadora do Chapter One Coffee em Berlim, juíza do World Coffee Events, treinadora autorizada pela SCA, representante da Ally Coffee, representante comercial de café verde e muito mais. Ela ostenta um currículo impressionante – mas tudo começou por acidente. Durante muito tempo, mesmo depois de conquistar o campeonato alemão de baristas, o café era simplesmente uma maneira de financiar sua “outra carreira”.

Entramos em contato para entender mais sobre como ela passou de uma barista de meio período para uma das estrelas do café em Berlim – e o que você pode aprender com o sucesso dela.

Leia em espanhol: Leciones De Nora Šmahelova: ¿Como Hacer Una Carrera No Café?

Nora Šmahelová

Nora preparando café. Crédito: Ally Coffee

Tenha uma atitude assertiva

Nora não se propôs a fazer sua carreira no café. Ao contrário, isso aconteceu enquanto ela não estava prestando muita atenção. Parte do seu desenvolvimento na carreira foi graças à sua habilidade no café. Mas logo percebemos que também tinha a ver com a sua consciência, curiosidade e determinação em melhorar.

Ela se candidatou para cursar Artes na Universidade de Berlim e, enquanto isso, trabalhou como barista em meio período. Mas as horas de meio expediente não significava um “meio-esforço”. “Quando faço algo, tento atuar da melhor maneira possível”, diz ela, “então tento aprender as coisas e as novas tarefas o mais rápido possível.”

sessão de cupping

Crédito: Tony Abbott, da Ally Coffee

Sua aprovação para a Universidade não ocorreu e ela se acabou se tornando barista em tempo integral. O café ainda era o seu “plano B” enquanto ela continuava tentando carreira em Artes. No entanto, isso não impediu que sua criatividade se espalhasse pelo café. Sabendo que o Campeonato de Baristas estava chegando, sua curiosidade a levou a criar drinks de assinatura com seus colegas.

“Houve algumas baterias em campeonatos regionais e fui apenas por diversão”, diz ela. “E fiquei em segundo lugar, o que significava que estava qualificada para a final do Campeonato Alemão de Baristas em Hamburgo e foi lá que me tornei campeã em 2002.”

Independentemente do seu papel no setor de cafés, ter uma mente aberta, trabalhar duro e ser curioso, permitirá que você tenha sucesso. E como consequência, abrirá novas oportunidades. E por falar nisso…

sifão café

Crédito: Nora Šmahelová

Aproveite todas as oportunidades

Apesar de ter se tornado campeã alemã, Nora ainda não tinha se apaixonado pelo café, como a maioria dos profissionais especializados. No entanto, isso não a impediu de participar do Campeonato Mundial de Barista em Oslo – e foi lá que ela percebeu o quanto essa bebida é fascinante.

sessão de cupping

Crédito: Tony Abbott, da Ally Coffee

De fato, ela comenta que o evento serviu como uma introdução sobre o quão “louco” o mundo dos cafés especiais pode ser. “Naquela época, não era um mercado tão amplo e tinha uma comunidade muito pequena. Não sei se fiquei mais chocada ou positivamente surpresa com o que aconteceu, porque não esperava algo assim. Os baristas eram tratados como rock stars ”, lembra ela.

Mas em seu novo papel como campeã alemã de baristas, surgiram muitas oportunidades, e Nora garantiu de aproveitá-las. Tornou-se juíza de competição e começou a viajar para outros campeonatos de Baristas. E, ao fazer isso, ficou cada vez mais empolgada com a indústria do café.

Nora Šmahelová

Crédito: Anders Holzner

Ainda hoje, Nora nunca recusa uma oportunidade de inovar, por mais assustador que possa parecer. Embora a maior parte de sua carreira tenha sido focada na preparação de cafés, ela recentemente começou a trabalhar como representante dos importadores de café verde Ally Coffee . É um novo empreendimento para ela, mas mais uma vez, sua curiosidade e atitude estão ajudando.

“Desde que comecei a trabalhar na Ally, eu realmente gostei muito, porque é muito emocionante”, ela me diz. “Eu nunca imaginei que o negócio de café verde fosse tão emocionante, para ser sincero.” E a parte mais interessante? Dada a sua curiosidade e paixão pelo aprendizado, não surpreendeu que ela goste de aprender tudo sobre os diferentes fatores nesse nicho de mercado.

É difícil planejar com precisão uma carreira no café, mas, ao dizer sim a todas as oportunidades, você estará percorrendo caminhos que nunca imaginou serem possíveis.

Crédito: Tony Abbott, da Ally Coffee

Procure trabalhos adequados à sua personalidade

Nessa altura, enquanto ainda se desenvolvia como juíza de campeonatos, Nora descobriu que havia muitas oportunidades de trabalho. Além do mais, ela se viu tendo que escolher entre trabalhar no café e seu “plano A” nas indústrias de criação. Nesse ponto, sua carreira estava se revezando como juíza internacional e designer de produtos. Mas ela não poderia atuar em ambas por muito tempo.

Não importa qual o seu caminho na indústria do café, um dia você enfrentará uma escolha difícil entre duas boas oportunidades. Então, como saber qual é a oportunidade certa para você?

Ser designer de produtos era o sonho de Nora. Alguns podem dizer que essa poderia ser uma carreira mais glamourosa entre as duas opções que ela enfrentava. No entanto, ela escolheu café.

Crédito: Nora Šmahelová

Por quê? Por causa de rotina diária. A rotina no café lhe oferecia desafios, um sentimento de melhoria contínua e – talvez o mais importante de tudo para essa mulher multi-talentosa – diversidade. “Gosto muito dos benefícios da diversidade da minha rotina diária, porque me traz muita inspiração”, explica ela.

E o café provou ser a escolha certa para Nora, que abriu sua própria cafeteria de terceira onda, o Chapter One, em parceria com um amigo.

Quando confrontada com duas ofertas de trabalho, pode ser tentador escolher a que você sempre sonhou ou aquela com o melhor salário. Mas enquanto esses pontos merecem consideração, é importante lembrar também que você fará esse tipo de trabalho todos os dias. Descubra qual opção melhor se adequa à sua personalidade – porque essa é a que provavelmente lhe oferecerá maior satisfação diária.

Crédito: Nora Šmahelová

Duas carreiras no café nunca serão iguais. E, se você está lendo isso, sem dúvida está em um ponto de partida muito diferente de Nora, que não tinha planejado fazer do café o seu principal sustento.

Mas há lições valiosas a serem aprendidas com o sucesso dela. Não diga não a novas oportunidades, mesmo que estejam fora do seu plano original. Preste muita atenção ao que você deseja e precisa em sua carreira; deixe que isso o guie para a correta tomada de decisão. E, acima de tudo, seja trabalhador, curioso e empreendedor.

Gostou? Então confira: Baristas: Como Extrair um Ótimo Espresso

Traduzido por Daniel Teixeira.

Nota: Este artigo foi originalmente patrocinado pela Ally Coffee .

PDG Brasil

Gostaria de ler mais artigos como este? Assine nossa newsletter!