29 de abril de 2020

Guia para Instalar a Máquina de Café Espresso em sua Cafeteria

Instalar a sua nova máquina de café espresso não é simplemente ligá-la na tomada. Nos anos que passei como revendedor de serviços e técnico de máquinas de café, perdi a conta de quantas aberturas de cafeteria acompanhei. Problemas diversos surgiam em praticamente todas.

Felizmente, um bom técnico pode salvá-lo de alguns erros muito caros inspecionando o local, entrando em contato com os contratados e ajudando você a tomar boas decisões.

Eu provavelmente não estarei na abertura da sua cafeteria e também não sei qual equipamento você vai escolher, mas eu posso dar algumas dicas. Vamos começar!

Leia o artigo em espanhol: Guía para Tiendas de Café: Cómo Instalar Una Máquina de Espresso

máquina de espresso

Máquina recém reconstruída e o autor da reconstrução. Crédito: Adam LeBlanc

1. Onde Deve Ficar sua Máquina de Café Espresso? 

Preste atenção, isso não é tão simples quanto você pensa. A localização da máquina tem um enorme impacto no fluxo de trabalho, no fluxo de clientes, no envolvimento do cliente e na estética – o que quer dizer que o posicionamento da sua máquina de café espresso pode levantar ou quebrar um negócio. Isso não é um exagero.

Entrei em contato com Jordan Weisz, do De Mello Palheta Coffee Roasters, que enfatizou fortemente a importância do fluxo de trabalho e da ergonomia. Não se trata apenas de instalar a máquina onde quer que ela caiba.

E vale a pena fazer um esforço para encontrar a melhor localização para ela. Às vezes, parece que você precisa mover montanhas apenas para colocar uma máquina alguns centímetros à esquerda ou à direita – mas, muitas vezes, isso vale a pena. Por outro lado, pode haver obstáculos que você não vai conseguir superar. A esses, você apenas terá que se adaptar.

Faça tudo o que puder para maximizar o tempo gasto interagindo com seus clientes. Se você precisar colocar a máquina de café espresso no bar de trás, considere posicioná-la de lado. No entanto, é quase sempre preferível tê-la na bancada da frente.

O que é uma altura de trabalho confortável? Se você já trabalhou em outras cafeterias antes, essa é uma pergunta fácil. Se for sua primeira vez, considere perguntar a um de seus colegas. Para a maioria das pessoas, porém, uma altura de balcão de 90 cm a 1 m é a melhor.

Quão próximos da máquina você pode colocar os equipamentos que usará com mais frequência? Se você pode preparar um cappuccino e colocá-lo para retirada com o mínimo de esforço físico para posicioná-lo, você está no caminho certo, mas verifique se também há espaço para um assistente quando as coisas ficarem corridas.

Você também pode gostar: Pesar Doses de Espresso na Cafeteria: É Necessário?

Não esqueça que você precisará de espaço para a compactação do café, vaporização, retirada e também um local para os clientes colocarem a louça suja! Se possível, consulte os manuais de especificações para medidas e as faça no balcão com papelão ou fita adesiva, para poder acompanhar quanto espaço resta.

projeto cafeteria

Disposição de armários e componentes para garantir que o fluxo de trabalho e o tráfego sejam otimizados. Crédito: David Miller

2. Verificando Água e Energia

Por favor, leia os termos de garantia – agora mesmo. O fabricante da sua máquina tem ideias muito específicas sobre a qualidade da água e da energia que eles aceitam. Leve-as a sério, porque isto afetará sua capacidade de fazer uma reclamação dentro da garantia posteriormente.

Primeiro, vamos falar sobre a água. Faça testes com ela! Temos que impedir que minerais se acumulem na máquina devido à água não filtrada. Também precisamos evitar a corrosão devido a um baixo pH ou teor excessivo de cloreto (se a máquina tiver caldeiras de aço inoxidável). E não é necessário dizer que a água de reposição também tem um efeito enorme no sabor!

Infelizmente, o abastecimento de água de cada cafeteria será um pouco diferente. Dito isso, você terá que testar sua água para determinar suas necessidades. Pode ser necessário instalar diferentes estruturas, desde um simples bloco de carbono até um elaborado sistema de osmose reversa com cartuchos alimentadores. Entre em contato com o fabricante ou o agente de serviço local para obter uma indicação e não tenha medo de contratar um especialista para cuidar de você.

Além disso, não se esqueça de conectar um ralo; é muito mais fácil fazer isso antes da montagem dos armários.

Leia também: Guerra das Extrações – Espresso contra Ristretto

Segundo, precisamos considerar a energia. Cada fabricante possui tolerâncias de tensão de entrada ligeiramente diferentes, e os termos da garantia exigirão que seu eletricista garanta que sua voltagem corresponda a elas.

Encontre alguém que esteja disposto a fazer o que é certo. A solução provavelmente será um transformador alternado para aproximar a tensão o máximo possível do meio do intervalo indicado no manual de especificações da máquina. O valor de um transformador pode variar de acordo com o modelo.

Além disso, considere adicionar um supressor de picos de tensão no painel do disjuntor para proteger contra descargas atmosféricas. Isso é importante não apenas para a sua máquina de café espresso, mas para todos os equipamentos da sua cafeteria, até mesmo o telefone e o sistema de alarme. É mais barato do que você pensa e o investimento se pagará na primeira vez em que houver uma oscilação de energia.

Leia também: Guia Básico do Barista: como Fazer um Espresso em 14 Passos

máquina de espresso

Uma máquina Elektra Coffee Classic Barlume, submetida a testes ao vivo após uma reconstrução completa. Crédito: Latté 911

3. Resumindo

Esta é a minha parte favorita. Você tomou todas as providências, contratou ajuda e agora todos os encarregados estão no local, criando sua nova cafeteria para você. É também o momento mais estressante: erros podem ser cometidos, conflitos de agendamento podem surgir e, justamente quando você pensa que tudo está resolvido, um fiscal encontra algo que não está de acordo com a regulamentação local.

Um arquiteto, designer ou empreiteiro geral experiente tem a experiência e os recursos para reduzir ao mínimo esses problemas, portanto, considere trabalhar com um. Além disso, certifique-se de apresentar o revendedor/técnico da máquina de café a eles o mais cedo possível, para que esses requisitos sejam incluídos nos planos.

Quando chego ao local para uma inspeção inicial, aqui estão algumas das coisas que vou verificar:

  • As conexões da rede (incluindo o hub de drenagem) estão a 1,5 m da máquina de café espresso?
  • O balcão é forte o suficiente para suportar o peso da máquina?
  • Existe um orifício grande o suficiente na bancada para a passagem de mangueiras e cabos?
  • Existe espaço suficiente para o sistema de condicionamento de água e a bomba remota (se usada)?
  • Todo o trabalho necessário foi concluído? Posso ligar a máquina e mostrar como usá-la? A instalação geralmente está incluída no preço, mas as visitas de retorno não.

Ah, mais uma coisa: não se esqueça do café (e do leite). Seu técnico precisará regular o café e também aproveitar a primeira xícara com você. Você mereceu!

Traduzido por Ana Paula Rosas.

PDG Brasil

Gostaria de ler mais artigos como este? Assine nossa newsletter!